Pegasus

Fazenda Monte Olimpo

Pegasus

HÉLIO ou APOLO
Deus do Sol, que tudo vê e tudo sabe.
Protetor dos bem informados.

O mais velho dos deuses do Olimpo, filho dos Titans Hyperion e Theia (descendentes de Urano = Céu - Sky e de Gaia = Terra - Earth), irmão de Seleme, deusa da Lua e Eos, deusa da Alvorada. É representado como um jovem belo, coroado de raios luminosos e conduzindo sua carruagem flamejante. Sua principal função é trazer luz e calor aos deuses e mortais. Partindo do Oriente, percorre o céu numa carruagem dourada, puxada por quatro cavalos brancos que soltam chamas pelas narinas. Alcança o ponto mais alto de sua trajetória ao meio-dia, depois desce em direção ao Ocidente e termina a viagem mergulhando no oceano, onde seus cavalos, fatigados, se banham. A seguir mergulha numa grande taça de ouro, forjada por Hephaestus, e é carregado durante toda a noite para o seu palácio. Quando seu filho Phaethon o convenceu a deixá-lo guiar a carruagem através do céu, morreu. Como é o único Deus que pode ver toda a Terra e o Céu, é o único que sabe tudo e informa os demais sobre certos segredos. É testemunha de muitos atos, do bem e do mal, e foi justamente por ter revelado a Hephaestus que Aphrodite o traía com Ares que a Deusa vingou-se dele, inspirando paixões funestas em seus descendentes, filha Pasifahé e netas Ariadne e Phedra. Os romanos o chamam de Apolo, Deus da Luz, da Verdade e da Profecia. Foi largamente adorado por todo o mundo grego, mas seu principal culto estava em Rhodes. Uma das Sete Maravilhas do Mundo, o Colossus de Rhodes, era uma representação de Hélio, ostentando a tocha da liberdade. Estava situada na entrada do porto de Rhodes e foi destruída por um forte terremoto que lhe quebrou o ponto mais fraco: o joelho.